quarta-feira, 31 de março de 2010

A ditadura paulista - Polícia infiltrada entre civis

Dos amigos do presidente Lula.
É o que dissemos anteriormente. A polícia paulista está cada vez mais próxima da dos tempos da ditadura. Cuidado, você está sendo espionado!

PT paulista exige explicações sobre ação de PM infiltrado

A informação da Polícia Militar de que o cidadão que socorreu a PM ferida durante a manifestação dos professores, na sexta- feira (26/3), trata-se de um policial militar a paisana, provocou indignação na Bancada dos deputados do PT na Assembleia paulista.

“A política de infiltração foi um expediente recorrente do período da ditadura militar. Esse é um método próprio de fascismo, do regime autoritário que usava de milicianos infiltrados em movimentos de resistência que lutavam pela Democracia", protestou o líder do PT, deputado Antonio Mentor.

O PT na Assembleia vai requerer da Secretaria de Segurança Pública informações sobre a participação de PMs em manifestações da sociedade civil organizada e como e quantos homens fazem parte do Serviço Reservado da PM.

A oposição paulista ao governo José Serra, precisa ir fundo na apuração desta questão. É inaceitável que a Polícia paulista implante um aparelho clandestino de repressão política do estado contra a sociedade, em pleno Brasil democrático do século XXI.

Os professores da rede pública estadual estão em greve desde 8 de março e a administração José Serra, até o momento, não abriu canal de diálogo e negociação com o setor, que deve realizar outra assembleia dia 31/3, no vão livre do Masp.

Enquanto isso... Em Sampa

Kassab continua cassado.

Parece música.

Veja aqui.

terça-feira, 30 de março de 2010

Os 8 anos de Lula - uma aula de história

do Tijolaço - O blog do Brizola Neto
Sensacional!

Lula, Galileu e a elite que não digeriu o sapo barbudo

Eu cresci numa época em que era muito difícil perceber onde estava a direita brasileira. Tirando os personagens folclóricos, todo mundo se dizia centro-esquerda. Vejam vocês, até o PSDB tinha esta “Social-Democracia” no nome.
Tudo se diluía na “geléia” da modernidade. Os tempos eram outros, “a história tinha terminado”, na frase célebre daquele tal Francis Fukuyama, a quem a história, felizmente, já esqueceu.
Vivíamos o mundo do neoliberalismo. Defender a importância do Estado era antiquado, “jurássico”.
Não havia mais diferença entre nacional ou estrangeiro, público ou privado, e a palavra “social” foi substituída por uma vaga idéia de “inclusão”, que viria, com o tempo, do “politicamente correto”, da “responsabilidade social” e da “eficiência” e dos “ganhos de produtividade”.
A resistência ao império destas idéias era, além de antiquada, tachada de obtusa, quase uma cegueira ideológica: chata, ranzinza, desinteressante.
Os políticos que as defendiam tinham dois caminhos: ceder à ideologia dominante ou verem, progressivamente, suas lideranças definharem.
Para sobreviver, era preciso mostrar-se “adaptado” e “respeitoso” com as “leis do mercado”, que substituíam o ser humano como valor supremo.
A Carta aos Brasileiros de Lula não foi um pouco isso?
Nos tempos da Inquisição, o matemático e astrônomo Galileu Galilei para evitar a morte na fogueira teve de proclamar a um tribunal que a Terra, e não o Sol, era o centro do Universo conhecido e era fixa no espaço, tal – como dizia a Igreja – Deus a teria criado . Mas diz a lenda que, ao sair do julgamento, teria sussurrado: contudo, ela se move.
E a Terra se moveu. Aceito pelas elites, Lula pôde chegar ao Governo, embora para chegar – e para ficar – tivesse de fazer muitas concessões e- por que não confessar? – decepcionado muitos de nós que esperávamos mudanças mais radicais e velozes.
Porém se, de um lado, Lula tinha certa razão ao pretender “comer o mingau pelas beiradas”, de outro isso lhe custou um certo desgaste político. Teve, para fugir do dilúvio, como Noé e Getúlio, de embarcar uma fauna heterogênea e até bizarra na arca de sua aliança.
Mas hove algo diferente do que costuma acontecer. Lula refinou-se, é verdade. Ele próprio o reconhece, brincando, numa fala muito engraçada:

“Gente, eu estou aqui falando da nova era que tem início hoje , falando de uma transcendência incomensurável”. “Vocês estão acreditando que estou dizendo isso? Nem eu estou crendo em mim mesmo. Agora pouco falei concomitantemente, daqui a pouco vou falar en passant e ainda nem usei o sine qua non. Para quem tomou posse falando menas laranja tá bom demais”

A própria brincadeira mostra que esse refinamento não lhe deformou as origens e a ligação atávica com o povo brasileiro.

Como naquela frase que Brizola disse antes de dar seu apoio a Lula em 1989, não foi “uma maravilha ver nossas elites tendo que engolir um sapo barbudo?”

Sim, engoliram-no. Mas não o digeriram no suco gástrico de seus salões como fizeram a Fernando Henrique, que se acreditou príncipe.

Ontem à noite eu fiquei escrevendo e pensando nisso.

Quando falei do tal “Comando Marrom”, estava pensando não especificamente nesta ou naquela pessoa. Mas no traço comum do discurso virulento que vem assumindo, totalmente desprovido de laços com a realidade.

A toda hora estou lendo nos jornais frases sobre “cubanização” do Brasil, “chavismo” de Lula, atentados à “liberdade de expressão”, às instituições e à democracia. Pelo simples de receber o presidente do Irã, quase que o associam a um “terrorismo islâmico”.

Faça a si mesmo uma pergunta: em que você está sendo coagido? Você conhece alguém que esteja sendo coagido em sua liberdade pelo Governo? Alguém foi demitido, perseguido, preso? Evidente que não.

Mas nossos jornais – e logo as televisões, escreva – assumem um discurso furibundo, falando em ameaças, em perigos à democracia. Porque democracia, para eles, é o seu governo, o governo dos seus grupos, não um governo que, se ainda não é do povo, está do lado do povo. Como na histórica frase de Getúlio, em 50: “hoje estais com o Governo, amanhã sereis governo”, o Governo Lula, por ser uma mudança de rumos, é o início de um novo caminho.

Nada os deixa mais apavorados do que a possibilidade de L ula ser sucedido por Dilma, que domina as ferramentas ideológicas e a compreensão histórica das lutas sociais do povo brasileiro, embora não tenha o carisma e a identidade carnal que Lula mantém com elas. Temem que, por isso, ela possa aprofundar as mudanças que Lula, no seu empirismo e sensibilidade política, soube encaminhar e iniciar.

É esta a ideia que deixa a direita em polvorosa. Na verdade, essa é a razão da histeria que origina estes espasmos que se assemelham ao discurso das forças que prepararam a derrubada de João Goulart no pré-64. Embora ele não fosse, pessoalmente, acusado de “comunista”, seu governo era “comunizante”. Ele, “populista”, “demagogo”.

Jango era, dizem-me todos, um homem avesso a conflitos, mas impregnado do espirito de justiça que marca o trabalhismo. O que assistimos hoje, em boa parte da mídia conservadora, assemelha-se ao discurso moralista – e falso – da UDN e ao fundamentalismo moralista e religioso da TFP (Tradição, Família e Propriedade). Hoje ela teria outra sigla, onde só a propriedade ficaria, trocando a tradição e a familia pela “modernidade” e o “capital”.

Substituindo Deus pelo Mercado, quem sabe não estarão logo organizando uma Marcha?

Com a palavra, o BBB - Heterossexual não pega AIDS

Essa notícia me lembrou do pré-assassinato que o papa atual (seja lá qual o número de joão, pio, ou bento ele tenha) fez em visita à África, quando afirmou que a Igreja condenava o uso de preservativos... além de condenar o planejamento familiar, entre outras coisas...

Enfim, a Globo incitou que estavam todos livres pra largar as camisinhas, desde que a relação não saia do convencional homem-mulher.

A Globo encontrou a cura pra AIDS.

Juiz manda Globo reparar besteira sobre Aids no BBB

O juiz Paulo Cezar Neves Junior, da 3ª Vara Civil Federal de São Paulo, que deu hoje à tarde liminar mandando a Rede Globo esclarecer aos espectadores que não é correto o que afirmou um dos participantes do – com licença – “Big Brother”, de que Aids não “pega” quem é heterossexual. É uma enorme irresponsabilidade veicular, sem esclarecimento imediato, uma desinformação destas. Um dos participantes daquela exploração sórdida da intimidade e da vaidade de pessoas simples, disse que homem portador do vírus da Aids “em algum momento teve relação com outro homem”, porque, segundo ele, “hetero não pega Aids”. Ele falou ainda que recebeu essa informação de médicos, e concluiu: “Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para o homem”.
A emissora deixou isso ir ao ar sem interromper, mesmo o apresentador Pedro Bial sabendo perfeitamente que isso pode colocar em risco a vida de pessoas. Depois, a Globo fez um esclarecimento “genérico”, mandando que as pessoas fossem ao site do Ministério da Saúde em busca de informações. A emissora tinha total conhecimento da informação absurda, as cenas eram gravadas e podiam ser editadas. Deixaram, irresponsavelmente, por puro sensacionalismo com a homossexualidade.
O juiz foi “bonzinho” e fixou multa de R$ 1 milhão, mas apenas no caso de não cumprir a decisão. O valor é equivalente a 1,5% dos R$ 67 milhões obtidos com as cotas iniciais daquele lixo televisivo.
Pena que no país que tem escrito na Constituição (art. 221) que “a produção e a programação das emissoras de rádio e televisão” dará “preferência a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas” e respeitará ” valores éticos e sociais da pessoa e da família” a gente tenha de saudar e comemorar uma “multa-esmola” destas.
Querer sanção maior deve ser “chavismo” ou atentado à liberdade de expressão.
O processo segue para a União, pois cabem sanções administrativas. E o Helio Costa vai tomar?

Charge do Bira - Serra x Professores

http://2.bp.blogspot.com/_pMkgBqB9Y4Q/S7ESkI2OQBI/AAAAAAAAFJs/_ZQpVpLPCis/s1600/0educa%C3%A7%C3%A3ored.jpg

O "Golpe Militar" de serra

Dos amigos do presidente lula.
É assim que tratam nossos professores.

Isso é tática de guerrilha, o cara se infiltra no ônibus, se passando por professor. Faz a emboscada, fechando todos os acessos. Montado o esquema, foi um massacre. E pensar que era uma manifestação pacífica... em são paulo não se pode fazer manifestação. É ditadura! Todos de cabeça baixa, se pensar demais pode ir preso.

A "paulada no rosto" não foi de manifestantes, na Operação Bandeirantes do ditador José Serra


Desmontando uma sucessão de mentiras publicadas na imprensa demo-tucana, passo a passo:

1) Primeiro veio a famosa foto da Agência Estado que correu a imprensa e a internet, durante a repressão policial violenta contra a manifestação pacífica dos professores.
A Agência Estado produziu uma "barriga" (no jargão jornalístico), ao divulgar a legenda como: manifestante carrega policial durante confronto:


2) Depois a Polícia Militar de São Paulo emitiu uma nota dizendo:


A nota fala que a policial foi ferida com uma "paulada no rosto". Mas não fala quem deu a "paulada".

3) A imprensa amiga de José Serra (PSDB/SP), saiu publicando por aí, por conta própria, que "professores deram paulada no rosto de uma policial feminina".

Nenhum fato e nenhuma informação levava a chegar a essa conclusão, nem mesmo a nota da própria polícia.

4) O vídeo acima, exibido pela própria TV Globo, demonstra que são os policiais descontrolados quem distribui pauladas para todos os lados, e os professores e estudantes que manifestavam apenas se defendem ou recuam.

Coitado do rosto dos policiais que estavam ali logo atrás dos cassetetes. O manejo atabalhoado do porrete, visto no vídeo, mostra que estava atingindo, indistintamente, tanto os manifestantes que estavam à frente, como os próprios policiais que estavam atrás.

Em tempo: a imprensa demo-tucana, principalmente os canais de TV's que gravaram tudo, continuam desafiados a colocar na internet, a íntegra dos vídeos gravados da manifestação, sem cortes, e sem edição. Do que tem medo? O que querem esconder?

segunda-feira, 29 de março de 2010

Curintiano!

Quanto ao jogo de domingo: Vitória curintiana*, gols curintianos**.



*vitória típica curintiana, expulsando um jogador do melhor do mundo por tacar o nariz no cotovelo gambá.
**gols típicos curintianos, bate-rebate, tromba-tromba, gol-contra, falha do goleiro.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Imprensa golpista - jornalismo partidário

Do tijolaço.
Mais da imprensa golpista. Vai demorar muito pro nosso governo cair na real? Esses caras renovam as concessões de que forma? Na Argentina tá tendo jogo duro com a imprensa golpista, na Venezuela também, até nos EUA o governo Obama brigou com a Fox. O que falta pra gente, coragem ou vergonha na cara?
Jornalismo é (deve ser) apartidário.

Jornalismo comparado

Se eu escrevesse aqui um título dizendo que “Governo Lula prende governador de Brasília” todo mundo me chamaria de mentiroso, e com razão. Não foi o Lula quem mandou prender Arruda, embora pudesse até ter vontade de fazê-lo (ou não, o que não importa, pois não poderia fazê-lo). Ele foi preso por uma força policial – a PF – subordinada a Lula, mas cumprindo sua função de Estado.

Bom, o que seria mentiroso no meu modesto blog é o mesmo que faz a Folha, hoje, na sua manchete “Governo Chávez prende dono de TV oposicionista”.

Quando você lê a matéria, vê que Guillermo Zuloaga, dono da Globovisión, foi preso quando se preparava para voar em seu jatinho particular, rumo às Antilhas Holandesas, sim, mas por ordem judicial e a pedido do Ministério Público, e não arbitrariamente pelo “Governo Chávez”.

Quem a pediu foi esta senhora aí da foto, a Dra. Luisa Ortega Dias, procuradora-geral do MP daquele país, que , em princípio, goza da mesma independência e autonomia do nosso, aqui, estabelecida em sua Lei Orgânica (texto aqui). E quem a determinou foi o juiz da 40a. Vara de Caracas, o mesmo que depois mandou soltá-lo, depois de ouvi-lo por duas horas, desde que não deixe o país.

Zuloaga está sendo processado por dizer que o presidente Hugo Chávez ordenara “atirar e mandar chumbo” contra o povo venezuelano. A lei venezuelana responsabiliza criminalmente o uso de meios concedidos de comunicação para divulgação de informações falsas.

Não estou defendendo que o senhor Zuloaga, o dono da maior rede de televisão seja preso, ao contrário. Não tenho informações para dar opinião e acho que ninguém é culpado de nada até que se prove e julgue.

(Um parentesis: televisão não é concessão? como pode ser “oposicionista”, como diz a Folha? Já pensaram numa companhia de eletricidade oposicionista, ou numa telefônica oposicionista? E a Folha, é um jornal situacionista ou oposicionista? ).

Mas daí a transformar uma ação judicial em um ato arbitrário do “Governo Chávez”, vai uma boa distância, não é?

Ou a Folha acusa o Ministério Público e a Justiça da Venezuela de estarem aliados a um processo autoritário? Se o faz, deveria explicar as razões. Mas não diz nada.

Ou será que um dono de televisão não pode sofrer processo e, por ordem judicial ser preso? É um Daniel Dantas venezuelano?

quinta-feira, 25 de março de 2010

Papel semente - plante a sua correspondência

Do site paisagismodigital.com.br
Diga da bodegueira, denise.

Papel semente: mais plantas, menos lixo, mais vida


A preocupação com o meio ambiente é uma realidade para todos que têm consciência de que nosso planeta está vulnerável e precisamos encontrar meios e formas de preservá-lo. Quando temos notícia de uma iniciativa verde que se dispõe a criar novos hábitos de consumo sustentável, apressamo-nos a difundi-la.

Através de um artigo publicado por Bruno Rezende fiquei conhecendo o Papel semente

A idéia, que nos pareceu muito interessante, é misturar sementes ao papel usado para correspondências, cartões, de forma que, quem o receba, possa utilizá-lo plantando-o. A técnica para plantar é simples: Picar o papel se for de tamanho maior, molhar e plantar. Existe até um menu de escolhas: flores, chás, plantas de horta.

Parece que a idéia é ser utilizado por empresas, como forma de demonstrar sua preocupação ambiental, mandando cartões e correspondências com o papel semente. Imagine como seria se todas aquelas correspondências de mala direta, contas de água, de luz, de telefone, convites de casamento, jornais, revistas, enfim, tudo que fosse de papel, você picasse, enterrasse e algum tempo depois nascesse uma plantinha?

Há relatos de promoções de empresas usando este papel, como a Report, do Grupo Suzano Papel e Celulose – lançou uma ação promocional em que na compra de 2 ou mais produtos da marca Report o cliente ganha um "papel semente" e a Honda que enviou uma carta em papel semente em 2008 para seus clientes .


Empresas de cosméticos, de paisagismo e urbanismo poderiam se utilizar deste papel para sua correspondência.

Como forma de marketing é uma bela solução mas, principalmente, é uma forma de difundir a idéia de que plantar é sempre uma boa saída.

A questão da tinta a ser usada na impressão, que é evidente, não poderia ser carregada de produtos químicos, a própria empresa já deu uma resposta ao Bruno Rezende :

"Produzimos o PAPEL SEMENTE, reciclado e 100% ecológico. Na empresa temos o processo de reuso da água e outras medidas de ecoeficiência.Também iniciamos a parceria com um grande laboratório para desenvolvimento de tintas naturais (beterraba, urucun,clorofila) Assim como nós, outros tb estão buscando soluções verdadeiramentes sustentáveis. Neste momento,quando o cliente nos solicita impressão no papel, usamos impressora jato de tinta, com tinta a base de água".papelsemente


Fontes citadas:
http://www.colunazero.com.br/
http://www.papelsemente.com.br/plantar
http://www.report.com.br/promocoes/
http://www.brainstorm9.com.br/2008/03/06/honda-plante-esta-carta

Bush limpando a mão em Clinton após saudar haitiano

Não tem muito o que dizer, é o retrato dos EUA. No geral, hipocrisia, soberba e preconceito.

Vídeo mostra Bush limpando a mão em Clinton após saudar haitiano

da Folha Online

Com a missão de ajudar as vítimas do terremoto no Haiti, os ex-presidentes dos Estados Unidos George W. Bush e Bill Clinton visitaram o país na segunda-feira (22). Mas uma imagem chamou mais atenção do que a própria presença dos ex-líderes, ao flagrar Bush limpando a mão na camisa de Clinton após cumprimentar um haitiano (leia mais sobre a visita). Assista.


quarta-feira, 24 de março de 2010

Com a palavra, o presidente Lula - Imprensa Golpista

Extraído do conversa afiada.
Veja mais no blog do planalto.

“Eu levanto de manhã, vejo manchetes e fico triste. Acabei de inaugurar 2.000 casas, não sai uma nota. Caiu um barraco, tem manchete. É uma predileção pela desgraça. É triste quando a pessoa tem dois olhos bons e não quer enxergar. Quando a pessoa tem direito de escrever a coisa certa e escreve a coisa errada. É triste, melancólico, para um governo republicano como o nosso”.

“O estudante que daqui a 30 anos for ler determinados tabloides vai estar estudando mentiras, quando poderia estar estudando a verdade. Quando o cidadão quer ser de má-fé, não tem jeito.”

Ao relembrar o episódio de 2003 quando, no primeiro ano de governo, colocou um boné do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Lula disse que não se rendeu aos ataques da mídia.

“A partir daquele instante, eu passei a colocar qualquer chapéu na cabeça. Nunca mais me colocaram. Eles vêm pra cima, se você se acovarda, eles ganham. Você não tem por que temer. Não temos vergonha do que fizemos nesse país. Nós todos vamos ser medidos pelo que nós fizemos, a gente precisa ficar prestando contas todos os dias.”

Segundo o presidente, alguns “setores da imprensa” deveriam olhar para as pesquisas de opinião pública antes de tirar suas conclusões sobre as ações públicas. “Se não quisessem saber pelos seus olhos, saberiam pelas pesquisas de opinião pública. Ainda assim não querem saber. Vamos trabalhando. A única coisa para vencer isso é trabalhar. Não temos tempo para resmungar.”

terça-feira, 23 de março de 2010

Petrobras lucra mais que Microsoft

E a Vale, está em que colocação? Aparece ao menos?

Petrobras é segunda empresa mais lucrativa das Américas

Os jornais manchetearam semana passada: “Cai o lucro da Petrobras”, com dados do balanço divulgado na sexta-feira pela empresa, que registravam, em números redondo, uma redução de R$ 33 bilhões para R$ 29 bilhoes no lucro da estatal. Como dissemos aqui, nada demais, considerando que o preço do petróleo caiu 36% e que R$ 2 bi – metade da redução – foram pagos com diferença de participações estatais no campo de Marlim, na bacia de Campos.

Hoje, levantamento da consultoria Economatica mostra que a Petrobras teve no ano passado o segundo maior lucro entre as companhias de capital aberto listadas na América Latina e Estados Unidos. Em moeda americana, o lucro da estatal somou US$ 16,645 bilhões, só menor do que o da Exxon, que fou de US$ 19,3 bilhões. Depois, vêm a Microsoft, com US$ 16,258 bilhões, a Wal-mart (US$ 13,495 bilhões)e a IBM (US$ 13,425 bilhões).

Dá pra entender porque o olho gordo na Petrobras?

Com a palavra, Dilma - Habitação

Acabar com déficit habitacional é difícil e exige planejamento a longo prazo.
Acredito que o minha casa, minha vida alavancou esse processo e ainda está em desenvolvimento. Habitação é problema de Estado, e não pode ficar na mão de especuladores.

“Mercado” não resolve moradia popular, diz Dilma

Apartamentos construídos para moradores do Complexo do Alemão, no Rio

Em janeiro e fevereiro deste ano dobrou o valor dos empréstimos imobiliários em relação ao mesmo período do ano passado. Foram R$ 10 bilhões e o banco público aposta que vai superar a meta de R$ 50 bilhões para financiar imóveis em todo o ano 2010. A Caixa já recebeu 700 mil pedidos de financiamento de imóveis pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, dos quais 350 mil já foram aprovados.

É muito, mas ainda é muito pouco. Segundo o professor Fernando Nogueira da Costa, da Unicampo e ex-vide presidente da Caixa, faltavam no Brasil 6,831 milhões de moradias em 2008. Por essa metodologia abandonada, a redução no déficit habitacional em 2008 seria de 292 mil moradias em relação a 2007, de 1,178 milhão de residências em relação a 2006, e de 1,390 milhão de unidades habitacionais em relação a 2005, quando a Caixa Econômica Federal, de fato, implementou o ritmo de contratações de financiamentos. O déficit era, então, 8,221 milhões de moradias.

Hoje, no Rio, a Ministra Dilma Rousseff disse que era necessário acabar com “a ficção de que o mercado pode dar conta de oferecer habitação para população de baixa renda”.

-”É uma população que vive com três salários mínimos e usa esse dinheiro para se alimentar, comprar seus bens essenciais e ainda pagar prestação da casa. Por isso acabamos com financiamento e agora damos subsídio.”

Dilma afirmou que o Governo Lula deixa prontos os mecanismos para que, apartir do ano que vem, possam ser contruídas um milhão de casas populares a cada dois anos. Segundo o professor Costa, um ritmo assim pode zerar o déficit de moradia nos próximos 20 anos. Aí podemos falar que não deveriam haver favelas.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Senado aprova empréstimo BID - PMF

Do vermelho.
Bid finalmente pode liberar a verba para o Preurbis.

Preurbis: Senado aprova empréstimo para projeto em Fortaleza

O plenário do Senado aprovou mensagem autorizando empréstimo no valor de US$ 59,4 milhões entre a prefeitura de Fortaleza e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os valores são destinados ao financiamento parcial do Programa de Requalificação Urbana com Inclusão Social (Preurbis). A matéria já havia sido aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) no último dia 09, quando o Senador Inácio Arruda solicitou que a matéria tramitasse em regime de urgência.

Inácio também explicou que a operação vai beneficiar ações de urbanização e de inclusão social não apenas na capital, mas também três municípios da região metropolitana: Maranguape, Caucaia e Maracanaú. A obra, prevista no PAC, compreende a macrodrenagem dos rios Cocó, Maranguapinho e Ceará: “Esse empréstimo vai dar condições para que a cidade de Fortaleza faça a revitalização da região, dando qualidade de vida às populações ribeirinhas, que vão ser retiradas de áreas de risco ambiental e habitar em condições adequadas”, explica Inácio.

Fonte: Assessoria de imprensa do Senador Inácio Arruda

Impagável - Prof. Hariovaldo e Obama

O professor hariovaldo se superou! Quase me acabo de rir.

Moreninho do norte impõe projeto socialista à América

Comunist in América

Não negando as suas raízes socialistas, o presidente Obama após meses de uma intrincada trama conseguiu impor a nação americana seu primeiro grande projeto socializante, dando o pontapé inicial para o domínio do comunismo na América. Contrariando as leis do mercado e do liberalismo, onde só os fortes sobrevivem – princípio fundamental que fizeram dos Estados Unidos grandes-, Obama socializou a saúde em seu país, concedendo o direito a qualquer pessoa de receber tratamento médico, indo contra a seleção natural, dando chances aos fracos, incompetentes e inferiores de sobreviverem, o que criará no médio prazo uma nação de fracotes. Realmente é o começo do fim do grande irmão do norte. Lamentável!

O PT, segundo Roberto Jeferson

O maior erro que as débeis oposições cometem é não saber enfrentar o modelo político socialista.

É de acentuar que a quase totalidade do empresariado nacional já foi cooptada e aceita naturalmente o petismo, que se adonou e faz uso do histórico caráter patriarcal do Estado brasileiro -sedimentado pela ditadura militar- em seu benefício.(…)

Nenhum deles confronta a tradição doutrinária de controle da máquina pública e do exercício do poder, delineada desde Maquiavel.

Seguidor de Lênin, Trótski, Stálin e Gramsci, o petismo, por meio de seu núcleo dominante, abriu mão da luta armada, mas não do objetivo revolucionário. (…)

A eventual saída do PT da Presidência, porém, não mudará esse quadro. Porque os aparatos administrativo-arrecadadores (Receita Federal, INSS) e fiscalizadores senso estrito (policial e judicial), além da órbita cultural, foram aparelhados.

O PT detém controle também sobre os sindicatos, o funcionalismo público, o aparato repressivo (MPF e PF, usados para destruir seus inimigos, fazendo terrorismo e chantagem política), os estudantes, os camponeses, a igreja, a intelectualidade artística, universitária e jurídica.

Se eleito, portanto, José Serra vai comandar uma máquina estatal dominada por adversários, muitos deles indicados para atuar em tribunais superiores. Sem esquecer o MST, que mantém acampamentos ao longo das principais rodovias (e pode, a qualquer momento, paralisar o país).

nota da bodega:
Será que o sujeito não deu uma de Prof. Hariovaldo?

Óh Deus, escondam as crianças, que os comunistas estão chegando, e com fome!

Babaca! Lunático!

Texto extraído do tijolaço.

Chávez diz que vai fazer um blog

Do Tijolaço.
Mais um pra gente acompanhar.
Quem quer censurar a internet monta um blog? Até quando vão dizer que Chávez é ditador, quando na verdade foi ele que foi alvo de golpe?

Chávez diz que vai fazer um blog

O presidente Hugo Chávez, em seu programa de televisão “Alô, Presidente” não apenas negou que pretenda censurar a internet como disse também que vai fazer o seu próprio blog, com o qual pretende informar “milhões” na Venezuela e no mundo sobre seu governo.

“Lá em algum lugar em Miraflores (palácio presidencial venezuelano) eu terei a minha trincheira na internet,minha trincheira de batalha na rede. Eu garanto que vou enviar uma grande quantidade de informação lá fora: eu assinei isso, estou assinando, estou discutindo, eu falei para ele, eu falei para o outro”, disse Chávez.

Ele fez o anúncio ao inaugurar 24 infocentros, o que eleva para 658 o número de pontos de acesso público à internet, que atendem 3 milhões de venezuelanos e prometeu colocar mais 200 em funcionamento até o final do ano. Chávez havia sido acusado de pretender censurar a internet por ter reclamado do site Noticero Digital, que divulgou informações falsas de que um ministro venezuelano teria sido assassinado. O site está sendo investigado melo Ministério Público do país.

França - o mundo dá voltas

Dos amigos do presidente Lula.
Show nas urnas dos socialistas franceses. Estamos caminhando pra uma nova ordem mundial? Que papo antigo bodega, sai dessa...

Socialistas arrasam direita na França

O segundo turno das eleições regionais francesas, segundo pesquisas de boca de urna, dão vitória à esquerda (Partido Socialista, a Europa Ecologia e a Frente de Esquerda liderada pelo Partido Comunista), por 54% dos votos contra 36% da UMP (União para um Movimento Popular) do presidente Nicolas Sarkozy, de direita.

Este resultado dá às forças de esquerda (socialistas, comunistas e ecologistas) o controle de 21 das 22 regiões metropolitanas, ficando o partido de Sarkozy apenas com o controle da Alsácia.

É a última eleição francesa antes da corrida presidencial de 2012. Leia mais aqui.

Obama demorou, mas começa a mudar o império

Do conversa afiada.
Finalmente Obama fez alguma coisa. Parece pouco, mas é revolucionário para o país. Saúde gratuita? Que é isso, Obama?
Mais da saúde estadunidense, assistam Sic, de Michael Moore.

Mais:
Do tijolaço: Obama, finalmente, vence batalha da saúde.

Obama vence: pobre americano vai ter um quase-SUS. A luz derrota os racistas


Amigo navegante, esse ilustre membro da KKK não lembra alguém ?  Quem será ?

Amigo navegante, esse ilustre membro da KKK não lembra alguém ? Quem será ?

Por 219 a 212, a Câmara dos Deputados americana aprovou uma reforma da saúde que dará aos pobres americanos acesso a serviços de saúde de graça.

Trinta e quatro deputados do partido de Obama, o Democrata, votaram contra ele.

O Senado já tinha aprovado e agora a lei vai à sanção de Obama.

É um quase-SUS, muito aquém da vitória que os pobres brasileiros obtiveram na Constituição de 88.

E aquém do que os vizinhos, os canadenses, tem há muito tempo: saúde universal, gratuita e com um provedor estatal único (quem quiser o serviço particular, que pague).

Leia também o artigo do prêmio Nobel de Economia, Paul Krugman.

Krugman estabelece um contraste interessante.

O último discurso de Obama aos membros do Partido Democrata, antes da votação de ontem (*) disse: “We are not bound to win, but we are bound to be true. We are not bound to succeed, but we are bound to let whatever light we have shine.”

Nós não temos que vencer, temos que ser verdadeiros. Nós não temos que ser bem-sucedidos. Temos que deixar que nos ilumine qualquer luz que possamos ver.

(Tradução do PHA, não literal)

Ao mesmo tempo, o grande líder dos DEMO-tucanos, quer dizer, dos Republicanos, Newt Gingrich, fez sinistra profecia.

Se os Democratas aprovassem a reforma da saúde, teriam o mesmo destino que tiveram no Sul dos Estados Unidos, depois que o grande presidente democrata, Lyndon Johnson, aprovou a lei da integração racial.

De fato, depois daí, como o próprio Johnson previu, o Sul, de inclinação escravista até hoje, costumava derrotar os democratas.

Ou seja, na hora de a onça beber água, lá, como aqui, a questão racial aflora.

Ponteaguda.

Na hora de ajudar os pobres (negros, em boa parte), um presidente negro se confronta com uma critica apocalíptica, de inflexão racista.

A Ku-Klux-Khan está viva e forte (lá e cá).

Paulo Henrique Amorim

(*) A Câmara americana trabalha no domingo à noite.

Blog da Reforma Agrária

Do conversa afiada.
No ar, o blog da reforma agrária, aqui.

Blog da reforma agrária já está no ar

reprodução

reprodução

O Conversa Afiada reproduz texto do Blog do Miro, Altamiro Borges:

quinta-feira, 18 de março de 2010
Blog da reforma agrária já está no ar


Estreou nesta quinta-feira, dia18, o blog da rede de comunicadores em apoio à reforma agrária e contra a criminalização dos movimentos sociais. Está foi uma das decisões da reunião de montagem da rede, que ocorreu na semana passada na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e que teve a presença de cerca de 100 pessoas, entre jornalistas, radialistas, blogueiros, estudantes e radiodifusores comunitários.

Um dos objetivos editoriais do blog é monitorar dos trabalhos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), instalada no final do ano passado por imposição da bancada ruralista que visa criminalizar os lutam por terra no país. A nova página também servirá para divulgar experiências bem sucedidas de reforma agrária, de assentamentos rurais e de agricultura familiar, que a mídia privada omite. Ela terá sessões fixas, como o raio-x do latifúndio, impactos do agronegócio, quem apóia a reforma agrária, entre outras.

Esse é o endereço do blog da reforma agrária:

http://www.reformaagraria.blog.br/

180 anos de Antônio Conselheiro - Canudos


180 anos de nascimento de Antônio Conselheiro. O ABC do Conselheiro.



O ABC do Conselheiro

(Audifax Rios)

Antonio Mendes Maciel,
Dito Santo Conselheiro,
É de Quixeramobim,
Varão de um clã guerreiro,
Foi sábio e bom professor,
Cristão pacato e ordeiro;
Caso pessoal o levou
A longínquos paradeiros.

[...] Conselheiro foi o nome
Com que o povo batizou
Aquele homem simplório
(Na santa pia do amor
Da fé e fraternidade
Na alegria e na dor)
Que pregava a crença em Deus;
Lealdade ao Imperador. [...]

[...] Zumbido de bala e raio,
As águas tudo calou.
De Canudos nada resta.
Só a história ficou.
(Triste e negra como a peste
Que esta guerra provocou).
E o símbolo Conselheiro
Que veio, foi e ficou.


No dia 13 de março de 2010, foi comemorado os 180 anos de nascimento de Antônio Mendes Maciel, o Antônio Conselheiro, cearense de Quixeramobim fundador da comunidade de Belo Monte em Canudos,na região do Raso da Catarina, Sertão da Bahia.

Passados cento e doze anos do massacre de Canudos, imortalizado no livro “Os Sertões” de Euclydes da Cunha, o nome de Antônio Conselheiro até hoje permanece como uma lenda no imaginário popular. Sua saga é contada em dezenas de livros e é tema recorrente dos autores de literatura de cordel.

Em comemoração ao nascimento do fundador de Canudos, foram realizados vários eventos, em Quixeramobim, cidade natal do beato, localizada no sertão central do Ceará e em Fortaleza, capital do Ceará. Ainda em homenagem à data, a Assembléia Legislativa do Estado do Ceará inaugurou, no último dia 13, a exposição “Decálogo do Santo Guerreiro”, de Audifax Rios, que conta a trajetória do homem mítico e idealizador do Arraial de Canudos.

Em entrevista ao Jornal O Povo, O poeta e artista plástico, Audifax Rios afirma: “Antônio Conselheiro não era nem o desinformado - o burrão que a direita sempre pintou, nem o marxista revolucionário descrito pela esquerda". E continua o autor do Cordel apresentado no início deste post: “Antônio Conselheiro era um guerreiro obrigado, já que a guerra o procurou, e era considerado um santo por seus seguidores, que inclusive o chamavam assim”.

Construído, em 1893, o arraial de Canudos chegou a reunir 25 mil moradores, a maioria, sertanejos descontentes com a exploração nos latifundiários, que encontraram no beato um líder espiritual e carismático.

A censura da imprensa golpista



A imprensa Brasileira contra a Isabela Nardoni Negra

Pelo visto, não:

Criança morre em tiroteio no morro do chapadão, rio de janeiro - Não vi nenhuma cobertura jornalistica nacional sobre este caso

No Mato Grosso do sul, briga entre médicos causa morte de bebê em parto – Não vi nenhum globo reporter especial sobre este caso. Na verdade, não vi quase nada a respeito!

Ano passado, Ana Cristina Macedo, 17 anos, foi morta por policiais que entraram na favela atirando – Não teve cobertura do assunto por mais de 2 dias. Não teve Globo Reporter Especial. Não teve capítulo da novela das 8 em homenagem. Não teve vídeo no youtube falando que Ana Cristina é nossa estrelinha. Se o policial indiciado pelo crime foi punido ou não é um mistério que a televisão não tem o menor interesse em desvendar. Quando os moradores da favela se manifestaram (e se revoltaram) a imprensa brasileira aproveitou pra falar que era “tudo traficante”

Pobre na imprensa brasileira não tem vez mesmo.

Fortaleza: uma das mais desiguais do mundo

Também do IAB-CE Virtual.
Apesar da melhora, Brasil ainda é o país mais desigual da América do Sul, segundo pesquisa. Fortaleza, junto com Goiânia, Belo Horizonte e Brasília, são as piores ranqueadas no Brasil, e uma das piores do mundo em desigualdade.
São quase 500 anos de exploração e pouquíssimos anos de governo sério. Muito trabalho ainda a ser feito. Planejamento é feito em curto, médio e, principalmente, longo prazo.

Lembro de meus tempos de faculdade, onde em uma cadeira de fotografia dei uma de jornalista e resolvi mostrar exatamente essa desigualdade. Foi uma ótima experiência.

Fortaleza entre as mais desiguais


Goiânia, Fortaleza, Belo Horizonte e Brasília são as cidades mais desiguais do Brasil, segundo relatório "Estado das Cidades do Mundo 2010/2011: unindo o urbano dividido"da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado ontem, no Rio de Janeiro. Comparadas às outras localidades no mundo, só perdem para três municípios sulafricanos, que lideram a lista de desigualdade. São eles: Buffalo City, Johannesburgo e Ekurhuleni.


As cidades citadas apontaram um valor de Gini, baseado na renda, superior a 0,60. Esse índice varia de 0 a 1 (quanto mais próximo de 1, maior a desigualdade entre o que as pessoas ganham). O Brasil, no entanto, ainda é considerado pela ONU o pior da América Latina em termos de desigualdade. Esse é um dos dados que serão apresentados no Píer Mauá, na Zona Portuária do Rio, onde vai acontecer, na próxima semana, o V Forum Urbano Mundial da ONU. Este ano o tema em debate é o crescimento das cidades e as políticas públicas que precisam ser implementadas para o cidadão ter seus direitos garantidos, como o acesso à moradia. Segundo a ONU, mais da metade da humanidade hoje vive em cidades. No documento, a ONU ressalta que quando o índice de Gini tem como base o gasto em consumo, reflete menos desigualdade do que quando se baseia em renda.


Isso significa que, mesmo que as cidades brasileiras apresentem um alto índice de desigualdade de renda, o acesso à água potável e ao saneamento básico obtiveram um resultado melhor do que as cidades altamente desiguais dos países pobres que vivem na África.Um exemplo, segundo a ONU, é que em Brasília, apesar do alto valor de Gini, 90% da população tem acesso à água corrente e 85%, a saneamento.


Fonte: Negócios/ Diário do Nordeste. Fotografia de Miguel Portela.

Mais do estaleiro Promar(ajás)² - O que diz o Plano Diretor?

Do IAB-CE Virtual.
Me desculpem os advogados, mas a OAB tá uma palhaçada. Mudar legislação em prol de meia dúzia de empresários?

Para entender o Plano Diretor de Fortaleza

O Plano Diretor que está em vigor em Fortaleza demorou cinco anos para ser aprovado. Boa parte do tempo ficou em gavetas, mas também houve diversas discussões, audiências públicas, conferências, polêmicas. Até que, no finzinho de 2008, conseguiu a primeira aprovação na Câmara Municipal, por consenso - a publicação no Diário Oficial do Município só se deu em 13 de março de 2009, há pouco mais de um ano. Ao sancionar a lei, a intenção da gestão pública é que o plano valha como orientador dos rumos dos investimentos e das ações na cidade pelos dez anos seguintes, estabelecendo prioridades e regulando o uso do solo de acordo com o que ficou consentido para cada localidade. A abrangência do plano é bem ampla, com uma forte ênfase para questões socioambientais, ressaltando a necessidade de buscar meios para melhorar a qualidade de vida da população, mas pelo uso responsável dos recursos naturais disponíveis. Pela lei, a região do Serviluz é beneficiada por pelo menos três dispositivos de proteção e incentivos: como Zona Especial de Interesse Social (Zeis), como Zona de Preservação Ambiental (ZPA) e como Zona Especial do Projeto Orla (Zepo). Sintetizando as três "zonas": no Serviluz, ficou estabelecido que a gestão pública deve, prioritariamente, investir na regularização fundiária e a ampliação de programas habitacionais, na urbanização, em ações que gerem desenvolvimento sustentável e na recuperação da balneabilidade do mar, recurso natural de uso comum assegurado pela lei. Ainda falta regulamentar uma série de dispositivos do Plano Diretor para que ele de fato saia do papel - nem sequer os conselhos gestores das Zeis, que devem ser os responsáveis pela mediação de todas as intervenções locais, foram montados ainda -, mas a lei está aí e deve ser vista como válida.

O Plano Diretor prevê, inclusive, em seu artigo 219, a necessidade de um Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), a "contemplar os aspectos positivos e negativos do empreendimento sobre a qualidade de vida da população residente ou usuária do local, devendo incluir, no que couber, análises e recomendações sobre: I - aspectos relativos ao uso e ocupação do solo; II - implicações sobre o adensamento populacional; III - alterações no assentamento da população e a garantia de seu direito à cidade; IV - possibilidades de valorização ou desvalorização imobiliária e suas implicações no desenvolvimento econômico e social da cidade; V - impactos na paisagem urbana e nas áreas imóveis de interesse histórico, cultural, paisagístico e ambiental; VI - impactos na infraestrutura urbana de abastecimento de água, de coleta e tratamento de esgoto, de coleta de lixo, de drenagem e de fornecimento de energia elétrica (...); VII - equipamentos urbanos e comunitários existentes e a demanda, especialmente, por equipamentos de saúde, educação, transporte e lazer; VIII - impactos no sistema viário, de circulação de pedestres, de transportes coletivos e de estacionamentos; XIX - interferências no tráfego de veículos, de bicicletas e de pedestres; X - ventilação e iluminação das novas construções vizinhas; XI - geração de poluição sonora, visual, atmosférica e hídrica; XII - geração de vibrações; XIII - riscos ambientais e de periculosidade; XIV - geração de resíduos sólidos; XV - impactos socioeconômicos sobre as atividades desenvolvidas pela população residente ou atuante no local".

Decidi trazer hoje essas informações técnicas porque não entendi a posição da seccional cearense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na terça-feira, a entidade aprovou um parecer em que se diz favorável à instalação de um estaleiro na praia do Titanzinho, no Serviluz. Contudo, constatou que, para isso ser possível, será necessário mudar o Plano Diretor. Ora, evidentemente as leis não estão aí para ficarem congeladas - imprevistos acontecem e o Legislativo está aí justamente para fazer as alterações sempre que necessário. Mas será que seria juridicamente adequado falar em mudar uma lei recém-aprovada que busca primordialmente pensar no planejamento da cidade - ou seja, prever hoje o que se quer para o futuro -, só pela imposição de uma empresa privada? E o que seria modificado? Só pelo trechinho que expus, dá para perceber que muita coisa teria de ser alterada - e não apenas isso, mas fragilizada, já que tais mudanças teriam de cair justamente nos instrumentos de proteção social que perpassam todo o texto. E como falar da instalação de um enorme estaleiro numa região superpopulosa como o Serviluz sem antes de mais nada colocar em prática o tal EIV? Será que o estaleiro passaria no teste? Bem, o fato é que ainda não aconteceu o que tanto tem se pedido, não apenas nessa coluna, mas em diversos artigos já publicados no jornal e outros espaços públicos: que nessa discussão, o discurso político puro e simples seja deixado de lado para dar espaço a uma discussão técnica séria e imparcial, na medida do possível. E, infelizmente, a OAB, apesar de argumentar ter feito, sim, um parecer técnico, perdeu a oportunidade de ser a indutora dessa virada argumentativa.

Fonte: Coluna POLITICA/ O POVO por Kamila Fernandes.

Enquanto isso... Rogério Ceni

Rogério Ceni fica à apenas 11 gols do centésimo. A contagem continua para o mito.
Rogério é o maior artilheiro da história do São Paulo, em Libertadores.
É também, disparado, o maior goleiro-artilheiro do mundo.

Falta pouco!

sexta-feira, 19 de março de 2010

Por que Miriam Leitão é minha jornalista preferida

Recebi por email. Boa leitura.
Dica do bodegueiro Ricardo Meira, do dr. Zem.

Por que Miriam Leitão é minha jornalista preferida

Amigos da CBN, confesso que durante os últimos anos aprendi muito com ela. Não perco seus comentários políticos e econômicos, seja na TV, na CBN e eventualmente em jornais. Presto muito atenção em suas análises no Bom Dia Brasil, no bate-papo com o Heródoto, com o Sardemberg e outras aparições dela na Rede Globo.

Por Arthur Peres


Refiro-me à jornalista Miriam Leitão. Lembro de alguns ensinamentos: entre 2003 e 2006, inúmeras vezes na TV ou na CBN ela criticou o crescimento do Brasil quando comparado ao de países ricos. Afirmava que o país não poderia continuar assim. Atônito, observei que o Brasil cresce sem parar quase 8 anos. Criticava o alto desemprego e durante os últimos sete anos o Brasil criou mais de 11 milhões de empregos.

Lembro-me que ela era a favor da Alca, afirmando que o Brasil estaria a reboque de outros países da América Latina que fizeram acordos com os EUA. O México é um dos países que fez acordo com os republicanos americanos tornando-se uma colônia dos EUA. Atualmente está falido e é uma republica comandada por traficantes. Aprendi então que o Brasil agiu certo ao não aderir à Alca.

Observei durante esses últimos sete anos que as informações da Miriam sempre me conduziram a acreditar em crises no Brasil. No final de 2008 e inicio de 2009 quando a Miriam insistiu que o Brasil estava em crise em sua economia, de novo abri os olhos: o Brasil foi o primeiro a sair da recessão. Recuperou-se vigorosamente e deve crescer em 2010 perto de 6% enquanto que a maioria dos países continua em recessão!

Ouço com atenção quando a Miriam censura o chanceler Celso Amorim por agir como nação soberana em relação às grandes potências. Percebi que, deixando de obedecer aos banqueiros internacionais, tornamo-nos uma nação respeitada no mundo inteiro.

Outro dia a Miriam comentou com o Heródoto (outro jornalista com o qual aprendo muito) que o presidente Lula é contra a emenda do PSDB que permitiria a compra de ações da Petrobras com o FGTS. Pois é! A Miriam afirmou várias vezes que o presidente Lula é contra muitos projetos que beneficiem o povo brasileiro...

Quanto mais a Miriam critica o governo, mais o Brasil torna-se o destino de investimentos internacionais. A Miriam já criticou várias vezes os partidos da base de apoio ao governo pelas leis aprovadas em beneficio do crescimento do Brasil, mas 80% do povo apoia Lula. Aprendi que dos US$ 30 bi de reservas no final do governo FHC, chegamos aos US$ 250 bilhões atuais.

Lembro-me que antes de 2003 a Miriam (e os meios de comunicação) era a favor do FMI governar o Brasil. Hoje sei que o Brasil é credor do FMI. Aliás, sócio através do recém constituído Fundo Soberano. Tudo isso graças à Miriam Leitão!

Hoje de manhã mais uma informação que — tenho certeza — ensinará muito à multidão: a Miriam descobriu que existe uma crise federativa no Brasil por causa dos royalties do pré-sal e a emenda Ibsen. Fico perguntando aos meus botões se essa crise fará com que o povo do Rio de Janeiro atue contra seu governador deixando de votar nele e em Dilma.

Sempre ouvi que Lula foi culpado dessas crises...

Estou exultante com essa conversa de hoje de manhã com o professor Heródoto Barbeiro: a Miriam ensinou-nos que falta liderança ao nosso chefe de Estado. A ONU e os países ricos devem estar errados ao concederem tantas condecorações ao nosso comandante. A imprensa internacional deveria aprender com nossa imprensa que Lula não tem liderança no Brasil e que os mais de 160 milhões de brasileiros apoiando Lula não sabem votar. Curioso, né?

Não quero ser injusto: aprendo também com o Merval Pereira, com o Alexandre Garcia, com o William Waack e muitos outros jornalistas dos jornalões e das Vejas. Confesso estar um pouco preocupado com a Lucia Hippólito. Outro dia ela chamou a atenção dos tucanos pela imobilidade de Serra, mas acho que é para ensinar ao brasileiro votar corretamente em outubro!

Se esses profissionais e o casal Bonner começarem a criticar o governador Serra, votarei nele para presidente...

Agradecimentos a todos!

quinta-feira, 18 de março de 2010

População residente em favelas cai 10%

Ainda do conversa afiada.

ONU: Lula reduz a população nas favelas. Bye-bye Serra 2010 (FHC vai cortar os pulsos)

É o consumo de cimento “formiguinha” que vai levar o FHC ao  desespero

É o consumo de cimento “formiguinha” que vai levar o FHC ao desespero

Leia o que diz o amigo navegante zquinha:

Da série FHC vai se enforcar:

População de favelas cai 16% no País

Brasil
O relatório afirma que o Brasil reduziu em 16% a população de habitantes de favelas. Cerca de 10,4 milhões de pessoas deixaram este tipo de habitação.

A fatia de pessoas que moram em favelas diminuiu de 31.5% para 26,4% em dez anos devido a adoção de políticas econômicas e sociais, a diminuição da taxa de natalidade e da migração do campo para a cidade.

Além disso, a criação do ministério das Cidades, a adoção de uma emenda constitucional afirmando o direito do cidadão à moradia e os subsídios de materiais de construção, terrenos e serviços são apontados como responsáveis pela diminuição do número de favelados.

Em tempo: as favelas não parecem diminuir embaixo das moradias dos filhos do Roberto Marinho (eles não tem nome próprio). É por isso que as Organizações (?) Globo são a favor da remoção.

Berlusconi processado por coagir jornalistas

Do conversa afiada.

Justiça processa Berlusconi (=Serra) porque perseguiu jornalistas italianos


Em primeiro plano, Serra, quer dizer, Berlusconi com amantes da  liberdade de expressão

Em primeiro plano, Serra, quer dizer, Berlusconi com amantes da liberdade de expressão

O Conversa Afiada reproduz coluna de Wálter Fanganiello Maierovitch no portal Terra:

18 de março de 2010
Berlusconi processado criminalmente por ameaçar dois jornalistas para obter vantagem ilícita.

Como dizia Neném Prancha, filósofo dos vestiários do Botafogo, o mundo, –como a bola num jogo de futebol–, dá voltas e surpreende.

Os magistrados do ministério Público da cidade adriática de Trane determinaram a realização de escutas telefônicas de pessoas suspeitas. Por acaso, um dos suspeitos conversou treze vezes com o primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi.

No desdobramento das investigações descobriu-se que Berlusconi pressionava o diretor da rede pública italiana de televisão (Tg.1-RAI), Augusto Minzolini. E também o presidente da agência de veiculação de anúncios, Giancarlo Innocenzi. A sua meta era tirar do ar os programas Anno Zero, conduzido por Michele Sartoro, e Ballarò, cujo âncora é Giovanni Floris. Os dois programas de debates são recordistas de audiência e os jornalistas são conhecidos pela independência.

Os representantes do ministério Público de Trabe iniciaram processo criminal contra Berlusconi por crimes de concussão ( obtenção de vantagem indevida) e de ameaça.

Berlusconi, desesperado, acionou o seu ministro da Justiça, Angelino Alfano. Este, arbitrariamente, enviou inspetores a Trane para saber do teor das gravações.

O procurador chefe do ministério Público de Trane não recebeu os inspetores por se tratar de questão de sigilosa, do interesse do Estado italiano.

O Conselho Superior da Magistratura confirmou a decisão que recusou a inspeção.

PANO RÁPIDO. Às vésperas de uma eleição regional, Berlusconi entra em desespero.

No Brasil, é público e notório que José Serra, atual governador de São Paulo, costuma pedir a cabeça de jornalistas que o criticam. Em breve, poderá virar o Berlusconi brasileiro. Talvez tenha de pedir ajuda ao bicheiro Ivo Noal e isto para o filho do contraventor conversar com um seu “ex-sócio”.

–Wálter Fanganiello Maierovitch–

Clique aqui para ler “Serra persegue Nassif, Azenha e PHA”

Miss desmatamento quer tomar o pré-sal

Do tijolaço.

O pré-sal em perigo, nas mãos de Kátia Abreu

Enquanto estamos nos digladiando pelos royalties para estados e municípios, aconteceu o que eu vinha dizendo temer aqui. A relatoria do projeto que substitui o regime de concessão instituído por Fernando Henrique para quebrar o monopólio do petróleo pelo de partilha, que restabelece a soberania nacional sobre nossas jazidas foi entregue a ninguém menos que a hiperdireitista Kátia Abreu, a senadora do DEM que se notabilizou por ser porta-voz dos interesses mais reacionários e entreguistas no Congresso.

A “Miss Desmatamento”, como é conhecida, aquela que se opõe à desapropriação das terras dos que usem trbalho escravo na lavoura, já anunciou que vai apresentar um relatório mantendo as concessões do petróleo às multinacionais.

A indicação desta figura para relatar o projeto mais decisivo para a independência do Brasil é uma afronta a qualquer idéia de negociação. É uma declaração de guerra à soberania nacional. Precisamos começar já a mobilização contra a tentativa de modificar a essência da renacionalização do petróleo e, até, para derrubar na Câmara as monstruosidades que ela venha a conseguir fazer aprovar no Senado, por (des)ventura.

É urgente um acordo sobre os royalties, que pacifique a Federação e deixe de encobrir, para a opinião pública, o que verdadeiramente está em jogo: o direito dos brasileiros ao petróleo do país.

Mais do estaleiro Promar(ajás)

Do IAB-CE Virtual.
A luta ainda é grande pelo espaço. O Plano Diretor não permite construção naquela área. Querem mudar as leis pela força do capital. Essa sujeirada ainda está longe de terminar.

Área do Titanzinho é de jurisdição federal,


Indo de encontro a parecer jurídico da Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará, a Coordenadoria Jurídica da Câmara Municipal de Fortaleza (CMF) divulgou, ontem, relatório informando que a competência legal de gestão sobre o espaço onde se pleiteia a construção do Estaleiro Promar Ceará é do governo federal, portanto a decisão sobre o empreendimento não depende do município de Fortaleza e, em consequência, não se faz necessária a alteração do Plano Diretor da Capital.

De acordo com o documento, a localização do projeto, situado na Praia do Titanzinho, é caracterizada como Área de Porto Orgânico, portanto de jurisdição da Companhia Docas do Ceará, responsável exclusiva pela administração portuária e a única com competência para arrendar a área à pessoa jurídica de direito público ou privado.


Ainda por estar em terreno de domínio da União, o licenciamento ambiental necessário à instalação do Promar Ceará deve ser expedido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).


Para o titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (Semam), Deodato Ramalho, o parecer da Coordenadoria Jurídica da CMF é "absurdo", pois apesar da Praia do Titanzinho ser de jurisdição do governo federal, o reordenamento urbano refere-se ao município. "Com respeito à Coordenadoria, considero esse parecer absurdo. Isso não se sustenta. A constituição federal é clara: o reordenamento urbano é de competência do Município, e de acordo com o Plano Diretor de Fortaleza, o índice de aproveitamento daquela região é zero. Não se pode edificar nada.


O licenciamento ambiental pode até ser emitido pela União, mas o alvará de construção é do município e, sem ele, ninguém constrói", defende.Conforme afirma o secretário, caso o projeto do estaleiro seja aprovado, será realmente necessária a alteração do Plano Diretor, mas que essa modificação não deverá ser levada adiante pelos legisladores da CMF."


A alteração do Plano Diretor é uma questão com a Câmara Municipal, mas não acredito que a sociedade vá aceitar isso de forma tranquila, pois o plano foi discutido amplamente com vários setores, durante muito tempo. Além disso, uma modificação desse tipo abre procedentes. Se imaginarmos que a cada projeto do interesse de grupos econômicos, a lei for sofrer alterações, vamos criar um estado de insegurança jurídica na sociedade e vamos deixar uma porta aberta do ponto de vista ambiental", argumenta Ramalho.


Fonte: Caderno NEGOCIOS/ Diário do Nordeste. Fotografia Eduardo Queiroz. Direitos autorais preservados.

Serra leva ovo na careca

Dos amigos do presidente Lula.
Até em sampa, serra leva ovada. Mesmo com tanta propraganda lavando o cérebro dos paulistas.
Dilma já passou Serra nas intenções de voto, mesmo ainda não fazendo campanha. Diferente de Serra, que inaugura obra até fora de São Paulo, e inaugura até maquete!

José Serra leva ovo e ouve gritos dos estudantes: "Brasil urgente, Dilma presidente"


Definitivamente, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB) não teve um bom dia hoje.Caiu três pontos na pesquisa divulgado hoje e ainda viu a ministra Dilma, disparar 13 pontos.

A tarde, o governador tucano foi fazer o que sabe de melhor; Campanha política pago com dinheiro público. Mas, se deu mal. José Serra (PSDB), enfrentou grande tumulto na saída da inauguração de uma Etec no município de Francisco Morato, na Grande SP.

Manifestantes, sendo que alguns deles professores,jogaram ovos no governador, chegando atingir o veículo onde ele estava. Muitos usavam as palavras de ordem "Serra a culpa é sua, professor esta na rua" e xingavam a comitiva.

Pouco antes disso, ao terminar seu discurso dentro da Etec, Serra foi provocado por um grupo de estudantes, que gritou "Brasil urgente, Dilma presidente"O prefeito da cidade, José Aparecido Bressane, que é do PT, estava no local, ficou sem graça, sem saber o que fazer.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Com a palavra, Ciro Gomes

“FHC tem um ciúme infantil do Lula, uma inveja feminil do Lula”.

“O problema é o Serra e o carreirismo dele, só pensa em si. O problema do PSDB é o seguinte: eles (os tucanos) vivem embaixo de uma redoma, quando saem da rede de proteção da mídia encontram um Brasil que não conhecem”.

Ciro Gomes, pré-candidato à... presidente ou governador de São Paulo?

Veja mais no conversa afiada.

Banda larga e crescimento econômico

Do tijolaço.
O projeto tem que sair do papel, a maior dificuldade é a luta contra as poderosas empresas de telecomunicações.

Banda larga: o impacto na economia e no emprego

A BBC publicva hoje um matéria que, além de repisar os dados que temos divulgado aqui sobre o atraso do Brasil em prover o acesso da população à banda larga – só 5,26% a acessam, contra 7,99% na Argentina, que é de , 8,49% no Chilee 7,3% no Uruguai - revela o impacto disso na economia e no emprego.

Uma pesquisa da consultoria McKinsey&Company aponta que um aumento de 10% nas conexões de banda larga pode levar a um crescimento entre 0,1% e 1,4% no PIB de um país. Uma outra pesquisa, do Banco Mundial, indica que este crescimento pode ser de 1,38% em países subdesenvolvidos.Segundo a McKinsey, este crescimento econômico vem de cinco fatores: o impacto direto do investimento na rede de banda larga, o efeito da melhoria na indústria, aumento nos investimentos estrangeiros diretos , na produtividade e por mais acesso da população a informações.

“O mesmo estudo diz que se a penetração da banda larga na América Latina atingisse o mesmo nível da Europa Ocidental, 1,7 milhão de empregos poderiam ser criados na região”, diz a BBC. Para que vocês tenham uma idéia, 1,7 milhão de empregos é mais do que toda a economia brasileira, até hoje, criou nos seus melhores anos.

Todo tempo é longo para a definição e implantação do Programa de Inclusão Digital no Brasil.

Aos sãopaulinos, um alento

Da imprensa São-Paulina.
Confesso que tirou um pouco do meu desânimo. Esse texto e o do plihal em seu novo blog.
Ainda dá.

O fantasma dos natais passados

O torcedor são-paulino anda mais ressabiado do que nunca. Critica o time quando empata, quando perde e quando ganha. Sente que falta conjunto, que falta aplicação, que falta bom desempenho e teme eliminações precoces na Libertadores e mesmo no Paulistinha. Pensa consigo mesmo: "Ah, de novo? Mais um ano em que seremos a "mãe" dos outros brasileiros no torneio continental?"

Com efeito, a carga psicológica de ter caído para Internacional (final, 2006), Grêmio (oitavas, 2007), Fluminense (quartas, 2008) e Cruzeiro (quartas, 2009) oprime o torcedor. Eles não querem servir de saco de pancada, mais uma vez. Querem ver um time vibrante, raçudo e brigador, de preferência com pinta de campeão.

O time do São Paulo na era Ricardo Gomes não é vibrante. É frio e administra seus jogos (às vezes bem, às vezes mal), sempre jogando o mínimo necessário para atingir seus objetivos. A lei do mínimo esforço aplicada pelo time incomoda a torcida.

Até aí, sem problemas. Concordo. Mas será que não estamos indo longe demais? Será que não estamos pressionando demais um time e, sobretudo, um treinador que nem estava por aqui quando as eliminações em anos passados ocorreram?

Talvez o belíssimo tricampeonato brasileiro tenha feito o torcedor esquecer como era o futebol na época de Muricy. O São Paulo só vivia de chuveirinho e suas jogadas mais perigosas eram as de bola parada. Taí, por exemplo, um ponto em que o Tricolor efetivamente melhorou, dos anos passados para este. Hoje, as jogadas são mais variadas, trabalha-se mais a bola com infiltrações pelo meio, há mais lances pela linha de fundo, e a bola parada virou apenas mais uma arma, de um arsenal mais vasto de recursos.

Nos últimos anos da era Muricy, o São Paulo jogava quase num efetivo 5-3-2, uma vez que os alas (Zé Luis e Jorge Wagner) tinham pouquíssima liberdade para descer até as pontas do campo, indo no máximo até a ponta da área, de onde chuveiravam a bola para o centroavante concluir. Centroavante este que mais jogava de costas para o gol que de frente, diga-se de passagem.

Sinceramente, acho o futebol do São Paulo 2010 melhor que o de 2009 e 2008. Ainda falta mais pegada e aplicação, mas nem tudo está perdido. Principalmente porque o time segue trabalhando pela "lei do mínimo esforço", fazendo apenas o estritamente necessário para cumprir suas obrigações (ir às semifinais do Paulista e às oitavas da Libertadores). O que vale dizer que ainda não tivemos a chance de avaliar o time numa circunstância de real "vida-ou-morte", para identificar se a equipe está mesmo aquém desses desafios.

Há quem cite os clássicos como parâmetros. Vou discordar aqui. Se tivéssemos ganho da Portuguesa, ninguém teria se mostrado mais confiante. Palmeiras, então em péssima fase, idem. Só, talvez, a vitória contra o Santos teria convencido os ressabiados são-paulinos do "poder de decisão" do time. Mas, cá pra nós, o que eles estariam decidindo, naquelas partidas? Eu vos digo: rigorosamente nada. O Curíntia, por exemplo, ganhou o clássico da Porcaria, mas isso não impediu o time de mostrar um futebol pouco convincente ao longo da temporada e mesmo ficar atrás da gente na classificação geral do Paulista.

Moral da história: acho que só dá mesmo para cobrar espírito de decisão do nosso time quando estivermos num momento decisivo. E não custa lembrar que o comando do Ricardo Gomes, goste-se ou não do estilo dele, até agora só trouxe benefícios ao São Paulo. O treinador pegou o time na 16a posição do Brasileiro e levou ao 3o lugar, com chance de ser campeão até a última rodada.

Na temporada 2010, conseguiu dar ritmo de jogo a um vasto elenco, desgastando minimamente as peças (à custa de maior entrosamento, é verdade) e produzindo uma circunstância à europeia, em que o São Paulo pode contar facilmente com 15, 16 titulares -- uma necessidade absoluta se o objetivo é, por exemplo, tentar vencer o Curíntia num domingo e jogar no México para ganhar na quarta-feira, como acontecerá mais adiante no nosso maravilhoso calendário, feito sob medida para ferrar o Tricolor (não custa lembrar mais uma vez que o São Paulo é o único clube na Libertadores que, imediatamente antes de cada um dos jogos pelo torneio continental, pega um clássico). Além disso, e talvez mais importante, a equipe comandada por Ricardo Gomes está cumprindo as metas da temporada, até agora. Está, já faz algumas rodadas, no G-4 do Paulista e tende a obter a classificação na Libertadores sem muito sufoco, graças a uma vitória fora de casa contra o fraco Nacional.

Não, não estou tapando o sol com a peneira, nem dizendo que o futebol está maravilhoso. Mas, sinceramente, faz muito tempo que não vejo o São Paulo ser campeão com um futebol maravilhoso (na melhor das hipóteses, 2005; na pior, 1993). E não é o treinador que produz a criatividade exigida para as belas apresentações; são os jogadores em campo.

Para quem diz que não houve evolução alguma do São Paulo desde o início da temporada, basta comparar os 5 primeiros jogos do ano com os 5 últimos. Vamos lá?

Cinco primeiros jogos:

17/1 - São Paulo 1x3 Portuguesa
Mereceu perder? Sim.

20/1 - Mirassol 1x1 São Paulo
Mereceu empatar? Não, jogou com o time reserva e mereceu perder, fez gol na sorte no fim do jogo.

23/1 - São Paulo 3x0 Rio Claro
Mereceu ganhar? Sim.

28/1 - São Paulo 3x0 Paulista
Mereceu ganhar? Sim.

31/1 - Sertãozinho 2x2 São Paulo
Mereceu empatar? Não, jogou com o time reserva e mereceu perder, anotando o empate num gol contra no final.

segunda-feira, 15 de março de 2010

A vitória de Serra

O sempre astuto, professor hariovaldo, mostrou o caminho da vitória de serra.
Mas digo ao professor: nem assim...

Roteiro para a vitória

Arquivado em: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 18:13
caminhos

Esse é o caminho para vitória final contra a camarilha bolchevista do PT

que ora infesta a República dos Homens bons. Sigamos pois por este

itinerário com as forças do bem, representadas pela imprensa livre

e democrática, semana após semana até a total demolição das hostes

comunistas lideradas por Lula.

Com a palavra, Luís Fernando Veríssimo

O mestre LFV e suas ótimas tiradas.
Extraído dos amigos do presidente lula, mas com link para o blog do miro, com mais da entrevista.

“Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data”

Entrevista com Luis Fernando Veríssimo - cronista, romancista, novelista, quadrinista, saxofonista e tantas outras coisas criativas - “às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data” -, Veríssimo espinafra o antilulismo da mídia brasileira. A entrevista é imperdível.

BC: Hoje, no Brasil, a mídia enxerga um país totalmente diferente daquele que a maioria da população vê. Enquanto a grande imprensa, pessimista, trabalha sobre uma paleta de escândalos, a população, otimista, toca a sua vida de modo mais tranquilo. Que país o Sr. vê?

Luís Fernando Veríssimo – A imprensa cumpre o seu papel fiscalizador, mas não há dúvida que, com algumas exceções, antipatiza com o Lula e com o PT. Acho que os historiadores do futuro terão dificuldade em entender o contraste entre essa quase-unânime reprovação do Lula pela grande imprensa e sua também descomunal aprovação popular. O que vai se desgastar com isto é a idéia da grande imprensa como formadora de opinião.Leia aqui no blog do Miro

Sobre a TV nacional...

Do quanto tempo dura.

UM DEBATE SOBRE A TV – Porque vale mais a pena contratar um Cachorro vestido de Lagosta do que o Marcos Mion

By quantotempodura

Uma parte da discussão sobre a Grande Mídia no Brasil que falamos pouco a respeito é a questão do entretenimento. Pois claro, a tv brasileira fez sua fama divertindo a população.

O problema é que atualmente a televisão brasileira anda oficialmente uma bosta. A audiência cai ano a ano, o Faustão e o Gugu passaram a fazer programas tão caidaços que a taxa de suicídio no Brasil ficou maior aos domingos. E o próprio Big Brother 10, que aparece o tempo todo nos portais e não sai do twitter, tem a pior média de audiência de todas as edições até hoje.

Diante deste cenário trágico, o que faz a Rede Record? Contrata o Marcos Mion.

Sim, o Marcos Mion. Aquele chato pra caralho. Aquele que já conseguiu falhar em TODAS as emissoras. Aquele que já levou um toco humilhante do Ashton Kutcher e essa semana tomou outro, do Axel Rose. Aquele que era famoso em 1999 e esqueceu de morrer quando ainda era conhecido.

Um futuro melhor para a Tv brasileira

Triste, não é, pessoal? É por isso que o Quanto Tempo Dura? pergunta à seus leitores:

Se você fosse dono de uma emissora de TV, quem você contrataria? O Marcos Mion ou um Cachorro Vestido de Lagosta? (foto acima)

O Cachorro Vestido de Lagosta veio do interior para alcançar a fama na cidade grande, mas nem por isto deve ser considerado um oponente menor. Seus vários talentos não são muito aparentes à primeira vista, mas uma comparação rápida entre ele e o Marcos Mion mostra nosso amigo de 10 patas claramente em vantagem

Senão vejamos:

  • O Marcos Mion é feio e enervante. O Cachorro Lagosta derrete até o mais gelado dos corações.
  • O Marcos Mion fala babando e cuspindo perdigotos. O Cachorro Lagosta baba naturalmente, mas as mulheres gostam
  • O Marcos Mion na Record provavelmente receberá cerca de 30 mil reais por mês + merchandising. O Cachorro Lagosta trabalha por um saco de Bonzo e 5 Biscroks por semana.
  • O Marcos Mion já está velho, a fama dele acabou no ano 2000. O Cachorro Lagosta está no auge, aos 2 anos de idade
  • O Cachorro Lagosta aparenta sabedoria. O Marcos Mion definitivamente não aparenta sabedoria.
  • O Marcos Mion acha que é gente. O cachorro lagosta só acha que é uma lagosta